Como funciona as olimpíadas?

0 Comments

Depois de uma emocionante cerimônia de abertura, nosso espírito olímpico adormecido por mais de quatro anos começa a ressurgir,  e com isso também surgem algumas dúvidas. Veja agora, como funciona as olimpíadas.

Por causa da situação pandêmica que ainda estamos vivendo, pela primeira vez na história, as cerimônias de abertura e encerramento, assim como as competições em Tóquio, não terão a presença de público. Vale lembrar que as Olimpíadas foram adiadas em um ano por causa da pandemia de Covid-19.

E não é só a falta de público que torna a olimpíada diferente esse ano,  algumas modalidades esportivas estreiam ou voltam ao calendário de competições, são elas:

  • Beisebol/softbol
  • Karatê
  • Skate
  • Surfe
  • Escalada esportiva.
  • Basquete 3×3
  • BMX Freestyle

Na 32° edição dos jogos olímpicos, contarão com 46 modalidades de  33 esportes a serem disputados por mais de 11 mil atletas, representando 204 países e 2 comitês olímpicos.

Deste dois comitês olímpicos, um representa os atletas de países refugiados e outro representa a Rússia, que   está  suspensa definitivamente de competições oficiais pelos anos de 2021 e 2022, devido ao escândalo de doping envolvendo seus atletas. Por isso, os  atletas Russos  competirão sob bandeira neutra, a dos “Atletas Olímpicos Russos”, representados pela sigla “ROC”.  Para isso, os atletas tiveram que provar que não fizeram parte do esquema de doping e que não utilizaram nenhuma substância proibida durante as competições. Serão mais de 330 atletas russos que disputarão as modalidades sob esta bandeira.

Outra novidade desta edição da competição é o aumento da participação feminina. Segundo o Comitê Olímpico Internacional, essa será a Olimpíada com maior equilíbrio de gênero da história: onde quase 49% dos inscritos são mulheres.

O Brasil nos jogos olímpicos

Com um número menor de participantes do que nas Olimpíadas do Rio 2016,  o Brasil será representado por 302 atletas que disputarão  em 35 modalidades, são elas:

Atletismo, Badminton, Boxe, Canoagem Slalom, Canoagem velocidade (sprint), Ciclismo BMX, Ciclismo MTB, Esgrima, Futebol, Ginástica rítmica, Ginástica artística, Handebol, Hipismo Adestramento, Hipismo CCE, Hipismo saltos, Judô, Levantamento de peso, Maratonas aquáticas, Natação, Pentatlo Moderno, Rugby, Remo, Saltos Ornamentais, Skate, Surfe, Taekwondo, Tênis de mesa, Tênis, Tiro com arco, Tiro esportivo, Triatlo, Vela, Vôlei, Vôlei de Praia, Wrestling.

Sendo assim , o Brasil ficou de fora de 12 das 46 modalidades de Tóquio.  Mesmo assim, o número  é um recorde de representantes em edições fora do nosso país.

Paralimpíadas

As Paralimpíadas são os Jogos Olímpicos voltados para atletas com deficiência, sejam elas  física ou cognitiva. A edição de Tóquio dos Jogos Paralímpicos acontece entre  os dias  24 de agosto a 5 de setembro de 2021, e contará com 22 modalidades esportivas, dentre elas dois novos esportes em suas modalidades de competição, são eles: o Badminton e o Taekwondo.

Agora que você já sabe como funciona as olimpíadas é só torcer!